Conteúdo da página

Lamachia lança Comitê contra o Caixa 2 e abre II Congresso de Direito Eleitoral no Maranhão

terça-feira, 5 de julho de 2016 às 15h36

São Luís (MA) e Brasília (DF) – O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, está na capital maranhense para lançar no Estado o Comitê contra o Caixa 2 nas Eleições e participar, nesta terça-feira (5), da abertura do II Congresso de Direito Eleitoral, promovido pela seccional em parceria com o Conselho Regional de Contabilidade do Maranhão (CRC-MA).

O lançamento do Comitê de Combate ao Caixa 2 é parte da campanha nacional encabeçada pela Ordem. “As eleições de 2016 serão as primeiras sob a nova legislação, onde mais do que nunca, o convencimento do eleitor deve ser baseado na defesa de ideias e propostas, sem o apelo midiático patrocinado pelas grandes corporações. Diante deste novo cenário é fundamental que cada um de nós faça sua parte e além de votar de maneira consciente, auxilie na vigilância contra a prática do caixa 2 eleitoral, que é o germe da corrupção na política. Para auxiliar neste processo de vigilância, a OAB, em todo o país, manterá Comitês que receberão denúncias de possíveis casos de caixa 2, como também realizarão campanhas de orientação e conscientização do voto”, afirmou Lamachia.

Para Thiago Diaz, presidente da OAB-MA, a seccional dará importante contribuição à sociedade nas eleições que se aproximam. “Fiscalizar os gastos de campanhas dos políticos é contribuir para que tenhamos eleições éticas e mais igualitária”, afirma.

O presidente da OAB-MA informou também que uma programação pelas 15 subseções da OAB-MA está sendo organizada pela Escola Superior de Advocacia (ESA) com um curso na área de Direito Eleitoral. O objetivo é qualificar ainda mais os advogados acerca das alterações advindas com a Lei nº 13.165/2015.

Utilize nas redes sociais: #contraocaixa2

Recomendar

Relatar erro

O objetivo desta funcionalidade e de reportar um defeito de funcionamento a equipe técnica de tecnologia da OAB, para tal preencha o formulário abaixo.

Máximo 1000 caracteres