topo
ferramentas Clique aqui para traduzir para LIBRAS o texto selecionado. Clique aqui para falar o texto selecionado. Clique aqui para enviar essa pagina a um amigo. Clique aqui para compartilhar pelo twitter. Clique aqui para compartilhar pelo Facebook. Clique aqui para compartilhar pelo Google Plus. Clique aqui para fechar esse menu.

OAB-PA: advocacia não é profissão de covardes

Belém, 13/01/2007 – “A advocacia não é profissão de covardes”. A afirmação foi feita hoje (13) pela nova presidente da Seccional do Pará da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ângela Sales ao discursar na solenidade de posse onde, bastante emocionada, lembrou a atuação do seu pai, o também advogado Egydio Machado Sales, que presidiu a Seccional no período entre 1968 e 1971. Na presença da governador Ana Júlia Carepa e do presidente nacional da OAB, Roberto Busato, ela garantiu que será “incansável na defesa da Constituição, da ordem jurídica do Estado democrático de direito, dos direitos humanos, da justiça social, pugnando pela boa aplicação das leis, pela rápida administração da justiça e pelo aperfeiçoamento da cultura e das instituições jurídicas, além de lutar pela defesa e disciplina dos advogados do Pará”. A cerimônia foi realizada no Teatro Maria Sylvia Nunes, na Estação das Docas.



Seu antecessor no cargo por dois mandatos, Ophir Cavalcante Júnior, eleito conselheiro federal da OAB, afirmou que entregou o cargo a sua ex-vice-presidente na última gestão com muita satisfação. “Ângela tem experiência, conhece a entidade e é a mais preparada para ocupar a direção da OAB nos próximos três anos. Ophir será eleito no próximo dia 31 diretor-tesoureiro do Conselho Federal da OAB na chapa presidida pelo atual secretário-geral da OAB Nacional, Cezar Britto. A posse no cargo ocorrerá no dia primeiro de fevereiro.