Conteúdo da página

Agora Chega: combate à impunidade e à sonegação é essencial

terça-feira, 5 de abril de 2016 às 15h54

Brasília – A campanha “Agora Chega de Carga Tributária: Não à CPMF!”, formada pela OAB e mais uma centena de entidades representantes de trabalhadores e empresários, apresenta 10 propostas para que o Estado cumpra seu papel de gerar saúde, educação, segurança e justiça de qualidade sem aumentar a já exaustiva carga tributária.

Cada proposta vem sendo analisada separadamente pelo presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia.  

A quinta proposta é combater incansavelmente a impunidade e a sonegação. Meta que, segundo Lamachia, só será alcançada com uma mudança de cultura no Brasil. “A começar pelos governantes, que se valem dos suados recursos do povo para financiar campanhas políticas, quer oficialmente por um fundo partidário de mais de 800 milhões de reais, verdadeira vergonha nacional, quer por meio dos descaminhos da corrupção. A certeza da impunidade se dissemina país afora”, entende o presidente.

Ele lembra ainda escândalos de corrupção que, ao mesmo tempo, envolvem sonegação, corrupção e impunidade. “Petrolão, caixa-preta do BNDES, Operação Zelotes, Eletrolão... Quantos esquemas há neste país ainda para se desvendar? E o Parlamento, por que não fiscaliza e não reage? Talvez porque algumas de suas lideranças atuais estejam tenham a marca do malfeito e da corrupção”, aponta.

Participe da campanha e compartilhe nas redes sociais a hashtag #NãoàCPMF

 

Recomendar

Relatar erro

O objetivo desta funcionalidade e de reportar um defeito de funcionamento a equipe técnica de tecnologia da OAB, para tal preencha o formulário abaixo.

Máximo 1000 caracteres